NewsletterGoogle PlusTwitter Facebook

Publicado em:
1
9/2017

Haas e Fluidra lançam método construtivo de piscina Hybrida 2.0 na Expolazer & Wellness

Há mais de 20 anos no mercado, a Haas é uma das maiores e mais modernas indústrias de piscinas e produtos de fibra de vidro do País, presente em várias regiões brasileiras com filiais e pontos de representação.

Em 1994, a Haas iniciou suas atividades no Rio Grande do Norte, com uma unidade de produção na cidade de Macaíba. Em 2013, a empresa implantou a segunda unidade fabril na Zona Franca de Manaus, em uma área de 300.000 m2. Dois anos mais tarde, em novembro de 2015, foi inaugurada uma unidade no Estado de São Paulo, em Uchoa, que, com 46.000 m2 construídos, visa ao aprimoramento da logística de atendimento das regiões Sul e Sudeste.

A Haas possui uma linha completa de piscinas de fibra de vidro nos mais diversos tamanhos e formatos, e que atendem aos mais variados projetos: circular, retangular, oval, linha praia, autoportante e outros modelos.

Participando pela terceira vez da Expolazer & Wellness, a Haas apresentou em primeira mão ao mercado seu grande lançamento: o método construtivo de piscina Hybrida 2.0, resultado de uma parceria entre a empresa e a Fluidra Brasil, no desenvolvimento do método construtivo e na fabricação das piscinas modulares em fibra de vidro PRFV, da marca AstralPool.

De acordo com o diretor presidente da Haas, Luis Maurício, trata-se de um método construtivo de piscina inovador. “O produto é um mix de vinil e fibra, que usamos para eliminar a alvenaria, tornando-se muito ágil e permitindo montar toda a estrutura em até nove minutos. É a maior inovação de piscina dos últimos anos. Com sete peças é possível montar a piscina no tamanho e formato que quiser”, explica o executivo.

A piscina Hybrida 2.0 combina inovação e tecnologia e oferece resistência, versatilidade e velocidade. O modelo possui base em concreto armado, estrutura modular em painéis PRFV e revestimento em vinil. Com ela, é possível configurar os mais diversos formatos e tamanhos de piscinas, que podem ser personalizadas com inúmeras opções de revestimentos AstralPool (estampas, espessuras e efeitos de textura), possibilitando ainda adicionar iluminação, aquecimento, hidromassagem, cascatas, robôs, entre outras opções.

A Hibrida 2.0 oferece uma série de vantagens, como transporte de baixo custo, armazenagem em pouco espaço, montagem rápida e fácil, possibilidade de vários tamanhos, formatos e acabamentos. Segundo Fernando Flores, diretor Comercial da Haas, este é um sistema construtivo que pode ser acompanhado por um sistema hidráulico implantado pela Haas e produzido em conjunto com a Fluidra.

“A Indústria de construção civil será um nicho de mercado muito interessante para nós. Nele, muitas vezes não há espaço para piscinas padronizadas, e com esse sistema conseguimos construir dentro do espaço disponível. A proposta é diversificar e inovar com o novo modelo”, complementa Flores. “Fornecemos garantia de 15 anos para a parte da estrutura e um ano para a piscina”, informa Luis Haas Junior, diretor da Haas.

A Haas está caminhando no processo de Certificação ISO e pretende exportar o novo produto. Hoje, a empresa exporta o modelo carro-chefe da empresa, a piscina de fibra monobloco, para a América Latina.

Para o diretor Comercial da Fluidra Brasil, Rodrigo Sorrilha, com este novo produto muda-se a forma de olhar a piscina. Segundo ele, todos os entraves que existiam já não existem mais, pois as duas empresas juntas conseguiram otimizar o sistema construtivo, transformando em vantagem competitiva. Além disso, as empresas, juntas, conseguem oferecer ao lojista um novo negócio, que vai permitir a ele acessar uma nova classe social, assim como construtoras e consumidores que têm vontade de ter piscina.

“É todo um novo universo que se abre por conta da estrutura. Além disso, do ponto de vista do consumidor, ele está amparado por duas empresas que são muito fortes. A Haas, que é a maior especialista do Brasil em plástico reforçado por fibra de vidra, e a Fluidra, a maior empresa de piscinas do mundo”, declara Sorrilha.

Fonte: Primeira Página