NewsletterGoogle PlusTwitter Facebook

Publicado em:
7
11/2017

Chegou a hora de deixar a piscina limpa para o Verão

Cuidados frequentes e muitas vezes simples ajudam a eliminar odores, bactérias e micro-organismos, eliminando riscos para os banhistas e garantindo a diversão.

Em plena Primavera, o calor já não está mais dando trégua. Salvo um dia ou outro em que as temperaturas caem e os dias ficam chuvosos, a sensação de tempo abafado é amenizada, mas passageira.

A manutenção da piscina é de extrema importância, não apenas para deixá-la bonita e com a água cristalina, mas também para eliminar odores, bactérias e micro-organismos causadores de doenças, remover materiais orgânicos e evitar a proliferação de algas.

Para poder aproveitar a piscina desde já deixá-la pronta para o Verão, é só seguir algumas dicas de manutenção.
1. Limpar a superfície da piscina é fundamental, ainda mais se ficar descoberta e acumulando detritos. Por isso, é preciso eliminar os resíduos. O entorno da piscina também precisa ser limpo, caso contrário o problema não será resolvido completamente. A dica para quem tem árvores ou arbustos é remover galhos próximos para evitar que caiam na água. Piscinas cobertas com lonas também requerem cuidados, pois é preciso retirar a água ou sujeira empoçada na superfície.

2. Aspirar o fundo da piscina, já que a sujeira também pode ficar acumulada. A limpeza deve ser feita devagar e com calma. A remoção precisa alcançar toda sua extensão e em linhas paralelas para facilitar o trabalho.

3. Ajustar o PH. Para manter o nível ideal, que é de 7,2 (a água não fica nem ácida nem básica), a medicação deve ser feita constantemente. Para equilibrar o PH, existem produtos específicos disponíveis no mercado.

4. Nivelar o cloro. O produto é usado para desinfetar a água da piscina, impedindo a proliferação de bactérias e micro-organismos. A quantidade deve ser medida de acordo com o tamanho da piscina. Evitar colocá-lo em horário que o sol estiver muito quente para não evaporar muito rápido e perder a eficácia. O cloro em excesso pode causar problemas aos usuários.

5. Limpar os filtros. Após algum tempo de uso, o filtro acumula sujeiras. Para não comprometer o seu funcionamento, é preciso realizar a limpeza regularmente e de forma simples: basta tirar o lixo do depósito e lavar a unidade filtrante com cuidado.

6. O ideal é que a manutenção da piscina seja feita o ano todo, garantindo a qualidade da água. Na dúvida, consulte sempre um profissional especializado.

Fonte: Primeira Página, com Portal Terra