Inspirações

3 dicas para escolher um modelo de lareira perfeito

3 dicas para escolher um modelo de lareira perfeito

Pura tendência, lareiras com peças metálicas suspensas ganham cada vez mais adeptos.

 

  1. Em casa

Além os modelos a álcool, existem as lareiras a gás (que exigem tubulação própria e saída) e à lenha (que pedem um duto para a fumaça). “Os modelos que queimam madeira exalam um cheiro agradável, no entanto requerem chaminé, o que costuma resultar em obra”, explica Cristiane Cassab, da Construflama.

  1. Apartamentos

Pode-se optar pelas versões a gás (desde que se prevejam tubulação específica e chaminé ou respiro) e a álcool em gel ou biofluido (esta muito usada em apartamentos porque dispensa qualquer tipo de saída dos resíduos da queima). “O fator determinante é a instalação fácil: basta embutir a peça em um nicho ou móvel com revestimento resistente ao calor”, diz o arquiteto Gabriel de Lucca.

  1. Chaminé

Bem dimensionada, ela garante a eficiência da lareira. Na alternativa a gás, um duto com 20 cm de diâmetro é suficiente para a saída dos gases produzidos, segundo Marcio Gemignani, da Largrill. “Modelos à lenha com até 90 cm de largura pedem duto também de 20 cm de diâmetro. Caso tenham de 1 a 1,30 m, a medida sobe para 25 cm de diâmetro”, exemplifica. As curvas podem ter, no máximo, 45 graus.

 

Leia também: Incremente sua piscina com o belo visual de uma ilha

Leia também: Banheiro com clima de SPA

 

Fonte: Primeira Página.

Redes Sociais